#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  
 
11/09/2023
Concurso Nacional tem novos prazos para adesão e provas

A realização da prova única do Concurso Nacional Unificado está prevista para março de 2024, sendo assim, fica descartada a possibilidade de aplicação em 25 de fevereiro. Além disso, o prazo para resposta de adesão dos órgãos deve ser antecipado.

Em resposta à Folha Dirgida por Qconcursos nesta segunda-feira, 11, o secretário do Ministério da Gestão e Inovação (MGI), José Celso Cardoso Jr, falou sobre os prazos.

Segundo ele, a data prevista para prova, inicialmente, teve como base o prazo de dois meses entre edital e provas.

No entanto, a data está sendo reavaliada, principalmente após sugestões enviadas pelos órgãos ao MGI.

O secretário ainda avalia que 60 dias é um prazo curto para os candidatos estudarem e se prepararem. José Celso Cardoso não cravou uma data, mas deixou em aberto que a prova unificada ocorra em março de 2024, a partir da segunda quinzena.

A previsão do governo é lançar o edital unificado em dezembro deste ano.

MGI espera ter resposta dos órgãos nesta semana

Outro prazo modificado pelo Ministério da Gestão e Inovação foi em relação à adesão dos órgãos ao concurso unificado.

Inicialmente, o cronograma divulgado pelo governo previa até 29 de setembro para um retorno dos órgãos sobre a adesão ao modelo do concurso unificado. Mas, agora, o secretário diz que até esta sexta-feira, 15, o MGI deve ter o retorno dos órgãos confirmados.

O termo de adesão ao CNU deverá ser assinado até o dia 20 deste mês, podendo ser prorrogado, conforme pedidos dos órgãos.

A expectativa do secretário é que o Concurso Nacional Unificado tenha uma adesão grande. Alguns órgãos já retornaram, enquanto outros ainda avaliam a proposta.

Vale destacar que a adesão ao modelo unificado é opcional e voluntária. Portanto, o órgão que tem concurso autorizado e que decida não aderir, ainda sim poderá realizar a seleção separadamente.

Provas do Concurso Nacional Unificado

Também chamado de “Enem dos Concursos”, o Concurso Nacional Unificado será realizado em duas etapas.

A primeira será composta por provas objetivas de matriz curricular comum a todos os candidatos; provas objetivas específicas; e provas dissertativas por bloco temático.

A aplicação das provas objetivas e discursivas será em um único turno (com 4h30 de duração). Em seguida, será realizada a avaliação de titulação acadêmica e/ou experiência profissional pregressa.

Disciplinas do concurso unificado

Após live para falar sobre a proposta, membros do MGI afirmaram que o conteúdo programático e as disciplinas das provas só serão divulgados após o ministério ter clareza de quais órgãos participarão do concurso unificado.

Entretanto, existem assuntos com maior probabilidade de serem cobrados, como Diversidades e Inclusão, concernentes aos servidores atuais, de acordo com o MGI.

Os órgãos que, em seus planos de carreira, tiverem a exigência de provas específicas e cursos de formação, por exemplo, deverão realizar essas etapas adicionais. 

“Nesses casos, o órgão vai ter que realizar essa fase adicional. Os cursos de formação seguirão a mesma lógica”, frisou o secretário de Gestão de Pessoas do MGI, José Celso. 

A proposta do Governo Federal é que as provas sejam aplicadas em cerca de 180 cidades, simultaneamente, em todo o país, sendo a maior parte concentrada nas regiões Sudeste, Nordeste e Norte.

Concurso Unificado terá vagas em todo país

Com isso, a ideia do Executivo Federal é democratizar o acesso ao serviço público. A provável distribuição de polos (municípios) de aplicação das provas é a seguinte: 

50 na região Nordeste;

49 na região Sudeste;

39 na região Norte;

23 na região Sul; e

18 na região Centro-Oeste.

A proposta inicial do Governo é que milhares de vagas já autorizadas sejam ofertadas no concurso unificado. Essa oferta deverá ser distribuída entre diferentes blocos temáticos. Confira quais são eles: 

Administração e Finanças Públicas;

Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação;

Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário;

Educação Ciência, Tecnologia e Inovação;

Políticas Sociais; Justiça e Saúde;

Trabalho e Previdência;

Dados, Tecnologia e Informação Pública;

Nível intermediário.

Com exclusividade à Folha Dirigida por Qconcursos, o MGI informou que a previsão é publicar 11 editais, sendo sete para blocos temáticos e quatro para os cargos de nível médio. A divulgação dos documentos deve ocorrer até dezembro. 

 

 

FONTE: FOLHA DIRIGIDA 
 

14/06/2024
Edital do concurso TRF1 com vagas para técnicos e analistas

13/06/2024
PC MG: FGV é a banca mais cotada, edital até agosto!

05/06/2024
Edital pulicado: Sec. de Saúde de Muriaé

29/05/2024
TSE Unificado: edital é publicado com 389 vagas

23/05/2024
Concurso Unificado tem provas remarcadas para agosto

 

Nome:
Senha:
 
 
27/06
 

- Edital  publicado !  Secretaria de Saúde de Muria&...

21/09
 

- Excursão p/ BH - provas TSE / TREs  

- Levamos at&...

29/09
 

- Excursão p/ Juiz de Fora p/ as provas de soldados  do CORPO DE ...