#cap1 #cap2 #cap3 #cap4 #cap5 #cap6 #cap7
.  
 
27/02/2012
A importância das bancas organizadoras

Especialistas dão dicas sobre estilos das organizadoras que evitam pegadinhas nas provas

Responsáveis pela elaboração das provas em concursos públicos, as organizadoras têm um papel fundamental no desempenho do candidato. Além das disciplinas exigidas, uma preparação completa deve incluir análise criteriosa do estilo da banca, a fim de evitar as temidas pegadinhas nas provas. O DIA ouviu especialistas que deram dicas de como se sair bem nas avaliações.

A Fundação Carlos Chagas (FCC), por exemplo, costuma cobrar todos os pontos do edital. Elabora questões de múltipla escolha, organizadas por disciplina. “A dica, neste caso, é começar a prova pela matéria mais familiar, o que facilita o desenvolvimento durante o exame”, afirma Rafael Sato, coordenador do R2 Cursos Preparatórios.

Segundo ele, a banca tende a trabalhar com questões do tipo ‘marque a alternativa correta’ ou ‘marque a incorreta’.
 
Já a Fundação Cesgranrio aplica, na primeira fase, questões de múltipla escolha. Nos concursos de foco jurídico, a leitura de doutrina é bastante cobrada, assim como texto de lei, segundo Sato.

Paulo Estrella, diretor da Academia do Concurso, reforça que a FCC tem costume de repetir questões já utilizadas em outras provas, o que facilita a vida do candidato que estuda por provas anteriores. Estrella destaca o grau de dificuldade das provas de Inglês da Cesgranrio: “Preocupam por serem basicamente interpretativas. Todo cuidado é pouco”.

No caso da FGV, as questões de provas são complexas, bem elaboradas e longas. Os enunciados pedem análise de itens, exigem do candidato a correlação entre certo e errado. Em Língua Portuguesa, os textos são bem trabalhados e o vocabulário é repleto de linguagem metafórica. “É cobrada, em excesso, oração subordinada e coordenada”, orienta Sato.

Sobre o Cespe/Unb, Paulo Estrella diz que há preferência por determinados conteúdos e abordagens e, normalmente, não são cobrados todos os itens do edital. “É importante resolver o maior número de questões de provas anteriores, para se familiarizar com os conteúdos mais frequentes”, afirma.

CONFIRA ALGUNS CONCURSOS

FCC
Tribunal de Justiça do Estado do Rio para os cargos de analista e técnico judiciários (em andamento). Provas objetivas deverão ser aplicadas nos dias 11 e 18 do mês que vem.

FGV
Senado Federal para cargos de níveis Médio e Superior. Provas: 11 de março.

CESGRANRIO
Caixa Econômica para cargos de níveis Médio e Superior. Inscrições abertas até 13 de março pelo site www.cesgranrio.org.br; Liquigás Distribuidora para todos os níveis. Inscrições até 4 de março.

CESPE/UNB
Superior Tribunal de Justiça para cargos de níveis Médio e Superior. Inscrições abertas até o dia 16 de março pelo site www.cespe.unb.br/concursos.

CEPERJ
Instituto de Terras e Cartografia do Rio (Iterj) para cargos de níveis Médio, Técnico e Superior. Exames serão aplicados no dia 11 do mês que vem.

FEC
Polícia Civil do Rio para cargo de nível Superior. Inscrições até 29 de março pelo site www.fec.uff.br.

FONTE: O DIA ON LINE

 

18/03/2022
Congresso derruba veto e amplia validade de concursos

12/01/2022
Concurso PMERJ: idade máxima passa para 32 anos

14/04/2011
Bancas organizadoras: confira as suas peculiaridades

 

Nome:
Senha:
 
 
04/12
 

- Excursão p/ Juiz de Fora p/ o concurso do TJ/MG 

- Leva...

07/01
 

- Levamos vc com todo conforto e segurança até o local de sua p...

10/01
 

- Intensivo  focado no concurso de sol...